• Precisa de ajuda ?
    Entre em contato conosco pelo email contato@acervothai.com
Sobre Muaythai

O Muaythai e a morte dos 5 Rounds

Copie o link desta página: http://site.acervothai.com/nmqZn
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
-Publicado originalmente por Matt Lucas via Rough.Asia.
Tradução e adaptação por Tiago Simão.

Hoje  o Muaythai profissional começa lento, temos o Wai Kru Ram Muay que pode ser um pouco longo e assim começamos o 1º Round, que  é um estudo, um tocar de luvas, quase sem força. O 2º Round segue a mesma, estudo e um pouco mais de força.

A luta começa mesmo no 3º round, o clinch irá começar de verdade no 4º Round, e quem estiver em vantagem irá proteger seus pontos enquanto o adversário parte para cima tentando salvar o resultado.

(Wai Kru Ram Muay)

Porém nem sempre foi assim, durante a chamada Era de Ouro (1980-1990), a luta de 5 rounds começava de fato desde o 1º round. Uma das explicações é que durante a era de ouro o número de lutadores do mais alto nível era grande, e a luta frequentes, assim como o dinheiro era bem melhor, dando a possibilidade de uma carreira mais decente aos lutadores**.

Atualmente as bolsas são bem menores, os estádios não estão mais cheios, o valor do Baht (moeda local) caiu muito, não vale a pena ser lutador nos dias de hoje. Falando novamente na Era de Ouro a competitividade era bem mais alta fazendo com que os lutadores partissem pra luta rápido.

(Apostadores)

As apostas e apostadores.

Muaythai e apostas estão ligadas de forma muito mais íntima que o senso comum julga, e ela é diretamente culpada por essa mudança no padrão das lutas. Os apostadores exigem lutas mais lentas para que as apostas sejam construídas e assim o lucro será maior.

Grandes apostadores são donos ou empresários em academias de muaythai, o que ajuda muito esse cenário, não há necessidades de correr riscos, a luta é controlada em prol das apostas.

O reflexo disso foi a queda no interesse pela luta, hoje os estádios estão cheios de apostadores e não de fã, com exceção de estrangeiros, mas muitos nem sabem o que estão fazendo lá, apenas pagam o ingresso nada barato (2 mil bahts – r$ 200 reais) e saem bem antes do fim do card.

O muaythai se tornou lento e pouco interessante para o público em geral.

A luta de 3 Rounds.

O cenário começou a mudar com a estrutura de luta com 3 Rounds, famoso no evento japonês K-1 World Max, que mostrou ao mundo a estrela bem humorada Buakaw (Por Pramuk) Banchamek e seu muayhai.

(Buakaw Banchamek no período do K1 World Max).

A idéia de 3 rounds funciona bem, e por um bom tempo o K-1 World Max mostrou isso, assim outros eventos surgiram como o Thai Fight, que foi criado como um produto para a TV, boa produção, lutas em teoria interessantes e uma grande divulgação, além de incentivos financeiros para lutas duras, nocautes e boas apresentações.

Com o crescimento do interesse no esporte surgiu Max Muaythai Thai, MX Extreme, Super Muaythai, gerando mais patrocínio e audiência.  As lutas se tornam shows novamente.

Ainda é cedo para dizer se a luta de 5 Rounds está fadada ao fim, ou que as lutas de 3 rounds são a solução. Mas há sem dúvidas uma transição do esporte para sua modernização, que alias é constante.

Notas do Editor.

A matéria original foi escrita pelo jornalista britânico Matt Lucas, porém vou discordar de alguns pontos. Fiz a tradução e adaptação do texto e optei por questionar apenas no fim em uma nota.

É falsa a impressão que durante a era de ouro os lutadores ganhavam mais dinheiro construindo carreiras sólidas. Grande parte das bolsas ficava com donos de academias e promotores de luta,  em sua maioria os lutadores da era de ouro são pobres, alguns se tornaram alcoólatras, ou trabalham até hoje em academias.

O muaythai é um esporte profissional com pouco mais de 70 anos, é ridículo considerar chato um aspecto cultural como “wai kru ram muay”. Qualquer traço cultural de um esporte deve ser respeitado sempre, não gosta? Vá fazer Zumba.

Fora da Tailândia não há obrigação alguma de seguir a regra dos Rounds de controle/estudo. O pau pode quebrar desde o primeiro, aqui não há apostadores, nem lutadores seguindo ordens de chefes da máfia.  Temos sim que pensar em como deixar ele mais atrativo para veículos de mídia e divulgação.

Devemos trabalhar no sentido de apagar a imagem do esporte ser uma briga, sem regras, de chutadores de coqueiro, de discursos como “muaythai é porrada”, não seja burro, muaythai é um xadrez, que seu treinador tem o dever de entender, antes que você pise em um ringue e tenha a cabeça virada pra trás como no exorcista porque você não faz ideia de como parar um muay khao.

É obvio que a força e a agressividade são partes fundamentais da luta, mas há estudo, estratégia e entendimento do adversário para ao menos ter uma chance.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Comentários

Comentários

Copie o link desta página: http://site.acervothai.com/nmqZn