• Precisa de ajuda ?
    Entre em contato conosco pelo email contato@acervothai.com
Blog do Tigrão, Sobre Muaythai (TG)

Dai à César o que é de César (e ao Muaythai o que é do Muaythai)

Copie o link desta página: http://site.acervothai.com/P3G09

Respeito demais a história dos porradeiros do MMA da época do Pride – eu mesmo queria ser igual aos caras! Eles de fato levantaram a palavra Muaythai no Brasil, mas apenas a palavra, desacompanhada das origens, regras e tradições do esporte. E isso nem era papel deles, porque eles lutavam MMA, não Muaythai.

Anderson Silva, Wanderley Silva, Shogun, Marco Ruas e Murilo Ninja, por exemplo eram lutadores de alto nível no MMA, não no Muaythai, então eles tinham que aprender tudo e misturar mesmo.

Jos Mendonça, Cosmo Alexandre, Jefferson Vulpe, Júlio Lobo, Matheus Robin, esses sim lutam/lutavam Muaythai em alto nível, esses caras que devem ser reconhecidos nacionalmente como lutadores de Muaythai. Até mesmo Cosmo, quando lutava MMA, lutava Muaythai. Como diz o ditado: “Dai a César o que é de César”.

Entenda, o que se defende aqui – e isso é um movimento de treinadores, atletas, praticantes e promotores de eventos no Brasil todo – é tratar o Muaythai como Muaythai, e não como “trocação para MMA” ou como “treinamento funcional”.

Toda arte marcial/esporte de combate tem um padrão, e ainda hoje ensinam Muaythai fora desse padrão. Cada academia tem um estilo, mas o Muaythai tem padrões de base, postura e mecânica de golpes que são só dele, e têm uma razão de ser: a regra do esporte. Cada academia ter seu estilo não pode ser uma desculpa para ensinar errado – por exemplo: um carateca não aprende pêndulo de boxe; não se ensina jab e direto na capoeira; não se ensina double leg no judô.

Existem vários boxeadores no MMA, mas quando chegam na aula de boxe ensinam BOXE. Existem vários wrestlers no MMA, mas quando chegam na aula de wrestling, eles ensinam WRESTLING. Existem vários caratecas no MMA, mas quando chegam na aula de caratê eles ensinam CARATÊ. Existem vários caras que se dizem do Muaythai no MMA, mas quando chegam na aula de Muaythai ensinam funcional e uma mistura de Boxe, Kickboxing e Taekwondo.

Não desmereço nenhuma modalidade, nem tiro o mérito de nenhum cara das antigas – pelo contrário, respeito deve ser a base no meio em que vivemos. Cada arte marcial tem seu valor e sua razão de ser, e o MMA também. Mas temos que saber diferenciar as coisas.

Me ensinaram errado sim (a mim e a uma legião) e ainda hoje se ensina. Entendo que não foi culpa do meu professor, pois ele tinha muita boa vontade e tentou ao máximo passar o que sabia e me forjar um cara duro na luta e na vida, sempre me dando bons exemplos, e tenho enorme gratidão a ele por tudo. Mas a vida é uma sucessão de mudanças, e não deve existir problema nenhum em reconhecer que o que aprendi não estava dentro do padrão do Muaythai. Naquela época não havia tanta informação como existe hoje, mas hoje existe, então um tempo atrás resolvi abrir os olhos e enxergar a realidade da mudança.

Comentários

Comentários

Copie o link desta página: http://site.acervothai.com/P3G09